Friday, March 14

Crime



Se o meu crime

é

amar-te tanto,


que a minha pena

seja

estar presa aos teus braços

para sempre.


Pic by_xxchange

19 comments:

(Un)Hapiness said...

o desejo de um crime qdo o amor é louco

sara said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Ana said...
This comment has been removed by the author.
tufa tau said...

e ao condenado permite-se um último desejo...

PavlovDoorman said...

Para sempre???
Cuidado com isso, as idas à casa de banho podem tornar-se intimidatórias...
eheh

Beijinho

Sam said...

Cara mia, continue como estás, é desta maneira que me prende por vários minutos a sentir e contemplar toda beleza de sentimentos que existe por aqui, e é assim que quero estar, do contrário não haveria motivos de existir espaços como este.
Se isto é um crime, quero ser réu confesso!

E tenho dito!!!

Bjosss!!!

S. said...

My sweet valentine,
you make me smile!!

STAY!!

Bjo*

Ana said...

(un)hapiness,

Não são todos os amores um exemplo de loucura e desejo sublimes?


Pavlovdoormen,

É uma palavra, de facto, que ambos quase desconhecíamos como parte do nosso vocabulário usual.

Nunca e sempre.
Tudo e nada.
Pólos entre e nos quais encontrámos o nosso equilíbrio.

Achei curioso comentares, particularmente essa palavra "SEMPRE".
Existirá algo suceptível de existir para sempre?
Talvez não... Mas o nosso desejo é que aquilo que vivemos juntos exista para sempre, pois é assim que nos sentimos nós.


A partir do momento em que deixámos os vícios do passado, as futilidades, as coisas que mantínhamos apenas por conforto, as distracções... Libertámos o nosso corpo de uma pele viscosa que nos escondia e encontrámo-nos nus. E, desde aí, vestimo-nos com uma pele dupla tecida por ambos. E é na minha/sua pele que nos sentimos protegidos, felizes,excitados, apaixonados, completos.

Desculpa, perdi-me um pouco. (Acontece-me frequenemente quando penso nele!)

Respondendo à tua outra pergunta:
A partir do momento em que és dois em um ou um em dois, nada é intimidatório.
:o)


Sam,

Emocionas-me sempre com a tua ternura! Alegra-me partilhar esta felicidade e estes momentos, sim:)

E, sim, que sejas réu de um crime assim. pois o teu coração de ouro merce que cumpras essa pena também ;o)


S.,

;o)
Levas com o smile primeiro só para não me chamares valentine. He, he!
Este amor é flagrante demais todos os dias, não é?
(ops...)


Beijos, molts pétons, besitos dulces!

Muitos beijos doces para vocês e
Obrigada por partilharem connosco estes momentos.

Agora vou agradecer com o tom de voz dele (he, he) ultra sexy e doce: Beijos, beijooss, beijooosss!

Ana said...

Errata:

Onde se lê:

"suceptível" será 'susceptível'

"frequenemente" será 'frequentemente'

"merce" será 'merece'

bono_poetry said...

sweet valentine...

os tons que trazes a este canto sao de muito contacto...

...as musicas deixam um leve bem estar onde as palavras sao por demais evidentes no sentido...

...as mudancas sao sempre algo de inesperado em nos...

...tambem gosto muito de milan kundera ...

...ok vou lendo ...amanha leio mais um pouco!

S. said...

Minha Querida,
eu é que te agradeço a companhia, a presença e todos os sorrisos que me proporcionas quando vejo a expressão de um tão lindo amor...e sim, julgo que partilhamos uma saudável dose de loucura :)

Um beijo

PS: com penas destas ainda te convidam para a comissão de revisão do Código Penal!

Oliver Pickwick said...

Uma declaração ancorada na mais pura lógica cartesiana. E ainda dizem que os cartesianos não são passionais.
Beijos!

sara said...
This comment has been removed by a blog administrator.
ZezinhoMota said...

Estar presa nos braços dele para sempre!

Que dê para respirar!

Estou brincando, porque falar de sentimentos e sentí-los é algo que nos encoraja a vivermos e sermos felizes.

Que te sintas sempre feliz.

Boa semana de Páscoa.

Bjnhs

ZezinhoMota

Ana said...

Ana também eu quero ser prisioneira assim... e digo que me prendam já!!!! aceito de boa vontade cumprir esta pena e não quero sair em liberdade condicional...!
Adoreiiiiiii

Beijo doce para ti querida,:)

AURORA ( LOLA ) said...

Olá, obrigado pela visita ao meu blog, espero que tenha gostado e que volte mais vezes.
Quanto aos seus 5 blogs vou ter de voltar para ver todos e ler tudo com atenção, com tantos à sempre um que nós gostamos mais.
Adorei o que aqui escreveu pois assim vale a pena cometer um crime para depois ter uma condenação destas rsrsrs.



Espero que volte mais vezes.



bjs

Pecadormeconfesso said...

Ai agora a Fada escolhe a pena?

rock said...

Que a pena seja perpétua :) **

Å®t Øf £övë said...

Ana,
Muito bonita esta declaração de amor. Gostei.
Bjo.