Tuesday, January 15

Páginas



Novembro. À beira-mar, sozinhos,
Tentou-nos o pecado: olhaste-me... e pecámos;
E o fim do Outono desfolhava os roseirais vizinhos,
Meu amor, na vez primeira em que nos abraçámos...

Veio o Inverno. Porém, sentada em teus joelhos,
Envolvi-te os tornozelos com os pés e calor.
Nua, presos aos teus os meus lábios vermelhos,
Ardia a minha carne em flor...

Verão. As certezas que tinhas tornaram-se pedacinhos,
Enquanto dourava o sol de Junho a areia dos caminhos.
Tentaste arrumar os teus cacos e procuraste-me de peito aberto
E, assim, plantámos a primeira flor nesse deserto.

Este Outubro, minha Primavera.
Tornaste-te real, grande quimera.
Um sorriso aberto em tudo, um aroma de rosmaninhos,
Os ramos numa palpitação de flores e de ninhos.

Tantos dias, meses e estações
Alguns anos, momentos, frio e calor.
Tantas lágrimas, sorrisos e emoções
Tantos caminhos para te encontrar, meu amor.


Texto adaptado a partir do poema: "Últimas páginas" de Olavo Bilac

6 comments:

Mateso said...

Lindo ! Que ciclo ! que floração!
Beijo.

skywalker said...

Tão quente, tão calmo de desesperado, tão doce.

A vida é feita de caminhos, encanta-me o teu.

A vida é feita de desencontros e encontros, sorrio ao ver que (re)encontraste o teu.

Saudades! Grande beijo!

a. said...

isso é (só) uma versão, não é?

Ana said...

Hummm... Perdoa-me, mas não percebi bem a pergunta. Podes reformulá-la de uma forma mais clara?

Obrigada.
(Também pela visita)

a. said...

gostei do seu poema, mas não conheço essa música, é uma adapatação?

Ana said...

Não é uma 'música'do compositor Olavo Bilac, mas um poema do escritor Olavo Bilac(*).
São pessoas distintas.

E o meu (quase) poema é, sim, uma versão/ adaptação a esse poema.
Vou colocar também o original, apesar de não gostar particularmente da parte final dele.

(*)
Olavo Brás Martins dos Guimarães Bilac (Rio de Janeiro, 16 de dezembro de 1865 — Rio de Janeiro, 28 de dezembro de 1918) foi um jornalista e poeta brasileiro e membro fundador da Academia Brasileira de Letras.
in Wikipédia